Tire o seu projeto do papel

Nós comercializamos scripts, sistemas e lojas, não encontrou o que procurava? Nos envie os detalhes do sistema que você deseja para que possamos lhe enviar um orçamento.

Fale conosco se você precisa de:
* Sistemas PHP Personalizados
* Desenvolver um projeto sob encomenda
* Programadores PHP MySQL JQuery
* Customizar um sistema que você possua
* Reformular seu Site
* Reformular um Sistema Web
* Sites Dinâmicos e Gerenciáveis
* Consultoria PHP
* Servidor VPS Linux, Configuração e Gerenciamento
* Hospedagem Linux para Sistemas Web PHP

Basta nos enviar uma mensagem sem compromisso.

Boleto bancário passa por importante atualização em 2017

A infraestrutura bancária responsável pela geração de boletos no Brasil vai passar por uma importante e sensível atualização no início de 2017. Basicamente, o boleto sem registro vai acabar da forma como existe hoje – e todos os boletos deverão ser registrados a partir de janeiro. Dos 3,5 bilhões de boletos emitidos por ano, cerca de 40% são na modalidade sem registro.

A Febraban, a entidade que representa os bancos e está à frente do projeto, informa que a proposta da Nova Plataforma de Cobrança é “aperfeiçoar o modelo atual com mecanismos que trazem mais controle e segurança a esse meio de pagamento”.

Verdadeira economia paralela, as fraudes foram o principal motivo da nova plataforma desenvolvida pela Febraban. De acordo com dados da entidade, só em 2016 o prejuízo deve ser de R$ 523 milhões, perante R$ 374 milhões em 2015.

As inconsistências nos boletos também são outro ponto levantado pela Febraban. Nos boletos sem registro, é possível alterar de forma deliberada o valor ou data de vencimento da cobrança.

O que muda com a nova plataforma de cobrança?

Mas o que, na prática, você precisa saber? Seguem abaixo os principais impactos do fim do boleto sem registro e da nova plataforma de cobrança.

Em primeiro lugar, é preciso saber que os boletos serão registrados em uma plataforma compartilhada entre os bancos. Ao pagar um boleto, será feita uma consulta à plataforma para checagem das informações. Caso os dados do boleto e do sistema estiverem iguais, a operação é validada. Caso haja qualquer divergência de dados, o pagamento não será autorizado.

Não será possível emitir boletos sem valor ou sem vencimento. Além disso, os dados cadastrais do pagador deverão estar completos – com nome/razão social, CPF/CNPJ e endereço.

Aliás, a respeito disso, a plataforma vai validar todos os dados boletos conforme as datas abaixo.

Faixa de valor Início da validação
> = R$ 50.000 13.03.2017
R$ 49.999,99 – 2.000,00 08.05.2017
R$ 1.999,99 – 1.000,00 12.07.2017
R$ 999,99 – 500,00 17.09.2017
R$ 499,99 – 200,00 21.10.2017
< = R$ 199,99 15.12.2017

 

Os bancos poderão cobrar também mais taxas – como registro, liquidação, alteração, permanência e baixa manual. Vale lembrar que na modalidade sem registro havia o pagamento apenas de uma taxa, quando o boleto era liquidado.

O boleto deverá ser registrado antes do pagamento – ou pelo menos no mesmo dia, pois o banco processa os registros antes das compensações.

Estornos por inconsistência serão bem mais comuns – e acontecerão automaticamente na compensação ou mesmo no momento do pagamento..

Não será necessário atualizar o boleto (segunda via), já que informações de juros e multa serão atualizados automaticamente no momento do pagamento. Regras de juros e multa serão limitados aos padrões dos bancos.

Rastrear fraudes será mais fácil. CNPJs fraudadores poderão ser bloqueados imediatamente.

Um resumo das mudanças

  • Os dados cadastrais do pagador deverão estar completos – nome/razão social, CPF/CNPJ e endereço;

  • Não serão mais aceitos boletos sem valor ou sem vencimento;

  • Bancos poderão cobrar mais mais taxas, como registro, liquidação, permanência e baixa;

  • O erro vai ficar mais caro, pois os bancos poderão cobrar por cada ação – registro, baixa etc.

  • O boleto precisará ser registrado antes do pagamento – ou pelo menos no mesmo dia até o cronograma ser implementado. Registro e pagamento no mesmo dia funciona (por enquanto), pois o banco processa o registro antes da compensação;

  • Vai haver mais estornos automáticos por inconsistência. O estorno ocorrerá automaticamente na compensação ou imediatamente no pagamento;

  • Um CNPJ fraudador poderá ser bloqueado imediatamente, em vez de em alguns dias como ocorre hoje;

  • Informações de juros e multa serão atualizados automaticamente no momento do pagamento, não sendo necessário atualizar o boleto;

  • Opções de juros, multa e principalmente desconto vão ser limitados aos padrões dos bancos;

  • Ao emitir ou alterar um boleto você terá que registrar no banco usando um arquivo CNAB 240 ou CNAB 400. Terá que aguardar a confirmação que vem em um arquivo retorno CNAB 240 ou 400 no dia seguinte, normalmente junto com as baixas;

  • Na prática, o banco vai automatizar a parte dele e jogar todos os erros para as empresas que precisarão se adequar a trabalhar com o novo boleto.

O que a Febraban diz

De acordo com Walter Tadeu de Faria, diretor-adjunto de Negócios e Operações da Febraban, o próximo passo é acabar com o boleto físico.

Em entrevista ao blog da Superlógica sobre os impactos da nova plataforma e do fim do boleto sem registro, Walter afirmou:

“A cobrança bancária da forma como a conhecemos existe desde a década de 1990, quando foi colocado o código de barras e passou a ser interbancária. De lá pra cá, não houve nenhuma atualização tecnológica. Em um primeiro momento, o boleto físico continuará existindo, mas nós pretendemos, mais à frente (ainda não temos visão desse horizonte ainda), passar a ser tudo eletrônico, sem a necessidade de eu por exemplo receber o boleto impresso do meu condomínio. O próximo passo que a gente pretende dar é acabar com o boleto físico.”

Sua empresa emite boleto sem registro?

Se sua empresa emite boletos sem registro e ainda não tem um convênio na modalidade registrada, é bom correr – os bancos não vão aceitar boletos sem registro pagos fora do banco emissor. Caso já tenha emitido boletos para 2017, reconsidere emiti-los em uma nova carteira ou mesmo registrá-los, caso não queira enfrentar problemas de fluxo de caixa.

Lembre-se de negociar todas as taxas com o gerente do seu banco – cuidado com taxas escondidas. Questione seu banco sobre registro, liquidação, permanência, baixa manual, alteração e protesto.

Haverá uma nova rotina, a de enviar um arquivo de remessa para o banco, com as informações dos boletos criados e/ou alterados.

Se a sua empresa atua com pagamentos recorrentes, como assinaturas, condomínios, imobiliárias, cursos, escolas, faculdades etc., uma opção interessante é usar um facilitador de pagamentos como a Conta de Recebimento, que é totalmente integrada ao Superlógica, sistema de gestão para empresas de serviço recorrente.

Para quem já emite boleto com registro

Se a sua empresa já trabalha com boletos com registro, não haverá grandes mudanças. Vale reforçar que os boletos deverão ser registrados antes do pagamento.

Quer fugir desta burocracia?

Uma alternativa para fugir das taxas cobradas pelos bancos é utilizar os serviços de um facilitador de pagamentos como a Conta de Recebimento, meio de pagamento voltado para empresas de serviços recorrentes que está totalmente integrado ao Superlógica.

O custo do boleto hoje é de R$ 2,50 por liquidação – e continuará assim na “virada de chave”, em 2017.

Ao usar o Superlógica e os serviços da Conta de Recebimento, não será necessário enviar arquivo de remessa e nem de retorno ao banco. Estes processos são automatizados e permitem aumentar a produtividade da equipe financeira.

A Conta de Recebimento é uma instituição de pagamento em conformidade com a Lei Federal 12.865/2013 e parte integrante da plataforma de pagamentos recorrentes da Superlógica.

Trabalhe o marketing do seu negócio

Bom, agora estamos trabalhando com 3 novos serviços para melhorar e atende a nossos clientes, veja abaixo a lista:

Email Marketing
Compre créditos conosco, acesse o seu painel de envio e gerencie suas campanhas de email marketing, newsletter, boletim informativo e etc…

Comprar


SMS Marketing

Compre créditos conosco, acesse nosso painel e gerencie suas campanhas e comece a enviar sms para seus clientes, disponibilizamos uma api.


SEO

Destaque o seu site nos resultados gratuitos do Google com a SEO Marketing. Veja qual serviço de SEO melhor se aplica às necessidades de sua empresa.

R$25.00 – Comprar

Fique atento as novidades!

Compre com MercadoPago

Pague através do Mercado Pago e aproveite a tranquilidade de comprar seguro.

Para que você só pense em aproveitar a sua compra. Privacidade absoluta. Ninguém verá os dados do seu cartão de crédito. Jamais.

Você pode comprar com cartão de crédito ou boleto bancário à vista, exatamente como faz para pagar as suas despesas básicas, como água, luz e telefone.

Promoção cadastro premiado

Cadastrese e ganhe 40% de desconto na primeira compra, aproveite agora mesmo!

Basta criar sua conta clicando aqui, escolher os itens, colocar no seu carrinho e ultilizar o cupom CADASTRO40%.

Válido também para os clientes já cadastrados, oferta oferecida por tempo limitado.

Que tal ganhar descontos em nosso site?

Você já baixou algum script em nosso site?

Pode ter sido scripts grátis ou pagos, isso não importa. O que queremos é lhe dar desconto para comprar um script nosso que ainda não possui, uma versão mais atual ou até mesmo no pacote com todos eles.

Para ganhar seu desconto basta avaliar um script que você tenha baixado em nosso site. Só isso!

Como omni-channel pode alavancar as vendas

Atualmente, o conceito de omni-channel está sendo muito comentado e discutido pelos profissionais do setor varejista. Com essa nova tendência, as marcas precisam se reinventar e adaptar para poder atender a todos e não ficar de fora da linha de interesse dos consumidores. Nos dias de hoje, o que se percebe é que essa não é mais uma questão conceitual, mas os novos compradores fazem parte de uma geração que está 100% conectada a todos os canais.

A multicanalidade e o omni-channel se complementam e são interligadas com um único objetivo: proporcionar melhorias e excelência no atendimento ao cliente. Uma empresa para se tornar multicanal precisa oferecer aos seus consumidores diferentes canais de vendas e comunicação. Mas, é preciso que eles estejam integrados, planejados, e gerido de forma correta, proporcionando a sensação de uniformidade entre todos os meios.

Devido a isso, toda ação que é feita na loja física precisa estar atualizada no banco de dados da empresa, já que muitos compradores ainda preferem fazer as compras de forma tradicional. Alguns varejistas estão inovando e criando novas estratégias para atrair esse público, como por exemplo, ter a possibilidade de comprar em um ambiente online e poder trocar em uma loja física, é uma facilidade, para aqueles que ainda têm medo de adquirir pelo e-commerce. Dessa forma, as lojas virtuais evitam que o consumidor fique insatisfeito com a aquisição, melhorando o relacionamento entre as duas partes.

Já que essa nova geração está cada vez mais exigente e antenada, as marcas precisam estar presentes em todos os canais de comunicação como e-mail, telefone, canal de atendimento e em todo tipo de rede social, para poder se aproximar do cliente e saber tudo o que está sendo falado a seu respeito. Mas, além de proporcionar uma experiência de compra feita por vários canais, é preciso oferecer comodidade para que ela não se vire contra a marca, pois nas redes sociais, uma reclamação ou opinião negativa pode ser divulgada em poucos minutos e a sua imagem pode ficar fragilizada.

Podemos perceber que não há regra e nem jeito certo de implantar essas ferramentas, pois depende do segmento que a marca atua e para qual público que ela é destinada. Quando o omni-channel e a multicanalidade são feitas sem erro e de forma que o cliente fique satisfeito, a única certeza que temos é que a mesma se torna essencial para fidelizar um cliente antigo, captar novos prospects e parceiros, além de aumentar a taxa de conversão das vendas e alavancar o negócio.

5 dicas comerciais que funcionam

É comum ouvir as pessoas utilizarem o termo “cliente fiel”. Além disso, é usual pessoas nas empresas dizerem: que cliente traidor, nos trocou pela razão “x”.

Aí está o grande erro, o cliente não tem a obrigação de ser fiel, mas sim deve ser conquistado constantemente. Não ficou claro ainda?

Veja lá, não adianta apenas oferecer um serviço ou produto satisfatório e com preço competitivo, pois já foi a época em que fazer o básico era suficiente.

Confira como você pode turbinar sua performance de fidelização diante de seus clientes:
1) Sempre o ouça com atenção, o cliente tem carinho pelo negócio dele e as vezes só quer falar e ser escutado. Demonstre interesse e faça perguntas.

2) Fale da sua solução com objetividade, se você seguiu a dica 1 você saberá o que dizer para ir direto ao ponto e focar naquilo que seu cliente quer ouvir. Com a correria do dia a dia, quando se fala em suporte, tudo o que as pessoas querem é um profissional que resolva bem os problemas, porém no melhor prazo possível.

3) Deixe claro que você sempre estará ao lado dele nos momentos necessários. Parece obvio, mas responda-me: você já olhou nos olhos do seu cliente e disse “Você pode contar comigo sempre”? Parabéns se a resposta for sim.

4) Aumente a frequência de contatos com seu cliente, ligue (ou visite) apenas para saber como ele está ou escolha uma outra razão que não seja tentar vender. E-mails também são válidos, pois muitas vezes a falta de tempo torna esse método de comunicação muito prático.

5) Utilize termos gentis, como obrigado, por favor, que prazer, que bom que você ligou, quanta honra… Não é raro se relacionar com pessoas que esquecem desses princípios cruciais.

Nunca se esqueça disso, assim você gerará valor ao seu cliente, o que é algo impagável. Reitero que contribuirá também para que você se torne um profissional acima da média e suas relações comerciais tender a ser mais produtivas.

5 dicas para pequenas e médias empresas que desejam exportar

A crise e a desvalorização do real frente ao dólar tornaram a exportação uma saída para aumentar o faturamento de PMEs. É comum, no entanto, que os empreendedores tenham dificuldades em dar o primeiro passo para sua internacionalização, muitas vezes por não ter o know-how ou uma equipe especializada em Comércio Exterior. Uma solução, nesse caso, são as consultorias, que oferecem orientação em todas as fases desse processo. André Belfort, sócio-diretor da Thoso Consultoria, elenca alguns pontos que merecem atenção antes de começar a exportar:

1. Preparação
Segundo Belfort, o primeiro e mais importante passo para dar início à exportação é a elaboração de um plano de negócios. Ele contém definições de qual linha será exportada, o volume, análises da cultura e do mercado estrangeiro onde está entrando para entender o potencial no país, quais barreiras terão de ser enfrentadas – idioma, adaptação do produto –, e ainda quem são os possíveis fornecedores e revendedores locais.

“É um trabalho a quatro mãos, do empresário junto ao consultor”, explica o especialista. Ele ainda destaca que é recomendado que o próprio empreendedor visite o país de destino, para ter o feeling da nova cultura em que seu produto será inserido.

2. Transporte
Um dos pontos que podem pesar mais no orçamento de PMEs que querem se internacionalizar é o frete, por dois fatores: tempo e custo. “Normalmente, os produtos são despachados por via marítima, que é mais barata. Mas também é preciso pensar em como ele vai chegar ao porto para embarque e no comércio onde será vendido”, destaca Belfort.

O aéreo, por ser o mais custoso, é indicado apenas quando o produto tem alto valor agregado e em caso de urgência. A fatia do rendimento destinada ao transporte ainda pode variar conforme o tipo de serviço – no caso dos e-commerces, por exemplo, que não contam com intermediários no processo, pode ser menor.

3. Burocracia
Com todo o planejamento feito, é preciso encarar a papelada. Esse processo pode ser dividido em duas etapas, segundo Belfort. A primeira é a adequação da empresa à categoria de exportadora, que pode ser feita habilitando-se o RADAR (Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros) na Receita Federal ou incluindo a atividade no contrato social da empresa, com a ajuda de um advogado ou contador.

4. Planejamento Financeiro
O empreendedor também deve se preparar para um fluxo financeiro muitas vezes diferente do praticado localmente. Dependendo da negociação que ele conduzir com fornecedores e clientes, pode ser que receba em ciclos mais longos do que está acostumado, necessitando de um maior capital de giro. Belfort destaca que o valor recebido – em conta no país importador ou via correspondente bancário no Brasil – será o mesmo contido no plano de negócios, por isso a importância de serem definidos previamente os valores unitários de cada produto e a quantidade. “O empresário deve apurar a rentabilidade desde a saída da mercadoria do estoque até a chegada ao cliente”, orienta.
5. Câmbio
Belfort explica, ainda, que o momento é favorável a quem deseja exportar. Porém, os empreendedores não devem levar em conta apenas o câmbio vantajoso para decidir se internacionalizar. “Apesar do cenário atual, é natural do câmbio oscilar bastante. Minha sugestão é sempre se planejar considerando um câmbio mais valorizado”, finaliza.

30 ferramentas simples e úteis para quem trabalha em casa

A internet oferece uma série de ferramentas gratuitas – ou a preços bem acessíveis – que podem facilitar muito o trabalho remoto. As opções são tantas que provavelmente deixamos alguma escapar.

Além disso, novas soluções surgem a cada dia e textos como este acabam tendo um prazo de validade. De qualquer forma, confira nossa lista e envie suas sugestões.

Para gerenciar equipes e tarefas
Evernote
Organiza tarefas, gerencia informações, faz anotações, armazena e sincroniza fotos, vídeos e mensagens de voz. Permite acessar documentos remotamente e compartilhar informações em diferentes níveis de privacidade.

Basecamp
Aplicativo que auxilia pessoas com diferentes responsabilidades a chegar a um mesmo objetivo: finalizar juntos um projeto. Compartilha arquivos, define prazos, atribui tarefas, centraliza feedbacks.

Neotriad
Planeja e gerencia o tempo e as tarefas estabelecendo prioridades para você e sua equipe. Tem foco na produtividade e no uso inteligente do tempo.

Trello
Ferramenta colaborativa que ordena as tarefas e especifica prazos de entrega

Harvest
Gerencia o tempo utilizado em cada tarefa. Também utilizado para trabalhos em equipe.

Webex
Aplicativo para reuniões online. Permite marcar encontros profissionais, discutir projetos, compartilhar documentos, fazer videoconferências.

ScreenHero
Ferramenta colaborativa que combina voz, vídeo e compartilhamento de tela.

Para gerenciar o tempo
Highrise
Aplicativo de agenda profissional com possibilidade de incluir diversos tipos de informação dentro de cada contato.

Remember the Milk
Aplicativo especialista em listas. Gerencia e organiza a rotina, os compromissos e as anotações pessoais.

Timely
Agenda que organiza a rotina ao mesmo tempo em que calcula a quantidade de horas trabalhadas em cada projeto, gerando relatórios para o cliente.

Toggl
Aplicativo de controle de horas (efetivamente) trabalhadas. Permite criar um gráfico para analisar quais tarefas estão tomando mais tempo.

RescueTime
Calcula quanto tempo é gasto em cada site, buscando mais produtividade e equilíbrio entre vida e trabalho. Ideal para quem perde muito tempo checando e-mails ou nas redes sociais. Permite inclusive bloquear alguns sites por períodos do dia.

TimeSheet
Aplicativo do Google para Android que permite gravar e calcular horas trabalhadas através de comando de voz.
Para controlar as finanças
Bills
Planejamento financeiro simples, fácil e rápido

ContaAzul
Gerencia estoques, fluxo de caixa e relatórios financeiros. Possui integração com bancos e Prefeituras, facilitando a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas. Permite diversos usuários simultâneos.

Zero Paper
Gestão financeira mais simples que uma planilha. O serviço é gratuito e permite gerenciar contas a pagar e a receber e extrair relatórios.

Bling
Sistema de gestão para e-commerce que pode ser integrado às plataformas de cobrança online.

MyFinance
Controla as finanças da empresa e da família e agiliza as tarefas diárias.

Para fazer backup virtual
Google Drive
Cria e armazena documentos, permite edição de maneira colaborativa e tem um excelente mecanismo de busca de arquivos.

Dropbox
Armazena e compartilha arquivos, faz backup automático e oferece espaço extra para cada pessoa que você recomendar.

OneDrive
A opção da Microsoft oferece o melhor custo-benefício atualmente: armazenamento infinito com um valor menor que os concorrentes.

Mega
Nuvem com alto índice de segurança e privacidade, pois tudo é criptografado. Ideal para armazenar dados confidenciais.

iCloud
Guarda e acessa todos os seus arquivos a partir de todos os dispositivos. Ideal para usuários Apple

Para facilitar o dia a dia
Mindmeister
Cria mapas mentais para organizar as ideias. Permite diversos usuários para brainstorming.

Pocket
Permite salvar textos, artigos e vídeos para ler depois e de qualquer lugar.

CamScanner
Transforma seu smartphone em um scanner

Samcard
Transforma as informações de um cartão de visitas em um contato de celular

LogMeIn
Acessa, gerencia e dá suporte a computadores remotamente.




Sistema PHP,Galeria de Fotos PHP,Loja Virtual PHP,Script Imobiliária,Gestão de Escolas,Script Download,Script imobiliaria administravel,Sistemas prontos,código PHP grátis, Fazer site, como fazer site, fazer um site, loja virtual, criar loja virtual, script php download, download php, php, php grátis, php livre, templates, template responsive, responsive template, layout, php sistemas, php grátis download, php scripts, Centenas de códigos livres da linguagem PHP, Bate-papos, Calendários, Contadores, Enquetes, Formulários, Sistemas de Banners, PHP, códigos, scripts de PHP, scripts, scripts prontos, códigos prontos, código-fonte de PHP, código fonte de PHP, Sistemas Web Completos e Scripts - Loja Virtual, Script Imobiliária Administrável, Gestão de Escolas, Galeria Foto, Sistema PHP,Galeria de Fotos PHP,Loja Virtual PHP,Script Imobiliária,Gestão de Escolas,Script Download,Script imobiliaria administravel,Sistemas prontos,código PHP grátis, Fazer site, como fazer site, fazer um site, loja virtual, criar loja virtual, script php download, download php, php, php grátis, php livre, templates, template responsive, responsive template, layout, php sistemas, php grátis download, php scripts, php livre, phplivre, php livre web, phplivre sistemas, phplivre web.